FECHAR
 
Rádio Web Providência    POPUP
 
Faculdade Diocesana São José - FADISI

Faculdade Diocesana São José  - FADISIA Faculdade Diocesana São José teve sua origem, por iniciativa dos professores que lecionavam no Seminário Maior “São José” os cursos de Propedêutico e de Filosofia.

Professores voluntários, sobretudo leigos, assumiram as aulas com muita competência e como um gesto de ajuda à Igreja local.

Com o Curso de Filosofia funcionando a satisfação de todos, por iniciativa da professora Íris Célia Cabanellas e seu esposo Nilo Zanini, procedeu-se a iniciar o processo de reconhecimento do Bacharelado de Filosofia diante do MEC.

Necessitou-se muita burocracia para conseguir o reconhecimento e aprovação do mesmo. Foi um processo laborioso e cheio de dificuldades, que felizmente deu certo e, os alunos, após o fim de seus estudos, podiam conseguir seu diploma de “Bacharel em Filosofia”. Assim, passou-se a chamar “FADISI”, Faculdade Diocesana “São José”.

Com o reconhecimento do MEC (Portaria 1.347 de 20/04/2005), fez-se necessário também realizar o vestibular para os alunos que iam cursar a Filosofia, abrindo vagas para alunos externos, não seminaristas. Aos poucos, foi-se consolidando o Bacharelado em Filosofia, e se começou a pensar também na Teologia.

Com mais um pouco de esforço, por parte de todos, iniciou-se o Curso de Teologia, com professorado próprio e, tudo também, em regime de voluntariado.

Padres e religiosas assumiram esse grande desafio, a satisfação de todos. Só, uma vez por ano, algum professor de fora vinha ajudar em algum campo concreto da Teologia, onde o professorado próprio não tinha preparação, como era o caso da Sagrada Escritura.

O reconhecimento da Teologia chegou mais tarde (Portaria 280 de 19/12/2012), quando aconteceu a expansão da Faculdade para outras áreas do conhecimento e mudou suas instalações para o Centro de Formação da Diocese, pois o espaço do Seminário Maior, onde funcionava a Faculdade até esse momento, não comportava um maior número de alunos.

No Centro de Formação se habilitaram os espaços existentes para salas de aula e todas as dependências necessárias para o bom funcionamento da Faculdade, já com os dois Cursos aprovados pelo MEC, Filosofia e Teologia.

A biblioteca, nova e moderna, estava com todos seus títulos catalogados, mais de quinze mil, a disposição dos alunos para pesquisa e estudo.

Várias formaturas já aconteceram, com a defesa das monografias por parte de filósofos e teólogos, e a colação de grau dos alunos concludentes dos dois Cursos, para alegria e satisfação de professores, familiares e amigos.

Algumas atividades acadêmicas veem acontecendo ao longo dos anos, como as Semanas de Filosofia e Teologia, com grande sucesso e aprovação de toda a Comunidade; Pós-graduações, em diferentes áreas, vieram enriquecer a cultura, o conhecimento e a preparação dos alunos; Colóquios culturais, sobre diferentes assuntos, trouxeram debates de interesse para os alunos; Cursos de Extensão Acadêmica prepararam agentes e líderes para seus trabalhos profissionais…

A Revista de iniciação científica, “Logos”, publica semestralmente artigos dos alunos e professores, tanto no campo da Filosofia como da Teologia.

O Jornal virtual, “Areópago”, coloca no ar, bimestralmente, as atividades, notícias, encontros, formaturas, monografias…

A Faculdade, pertencente às Obras Sociais da Diocese de Rio Branco, nasceu para dar sua contribuição, através do saber e da cultura, ao povo necessitado, sendo uma alternativa a outras faculdades que invadiam o mercado estudantil à procura de lucro fácil e com pouco conteúdo.

A FADISI foi a primeira Faculdade de Filosofia criada no Acre.