Rádio Web Providência    POPUP
 
JUVENTUDE MISSIONÁRIA (JM)

JUVENTUDE MISSIONÁRIA (JM)Histórico

É um serviço de animação missionária que tem por finalidade fomentar e manter o espírito missionário e profético nos jovens, ajudando-os a viver a missão em âmbito local e universal. A espiritualidade dos grupos de JM está marcada por uma atitude samaritana em todos os ambientes, em especial, entre os que mais sofrem e são excluídos. Por isso, o jovem missionário é convidado a fundamentar sua identidade no amor de Deus que rompe as barreiras do preconceito e da indiferença. Está vinculada à Pontifícia Obra da Propagação da Fé (POPF), fundada pela leiga Paulina Jaricot, em 03 de maio de 1822, na cidade de Lion – França. A Obra foi declarada Pontifícia pelo papa Pio XI em 1922 e passou a integrar as Pontifícias Obras Missionárias (POM). A JM surgiu como fruto da Pontifícia Obra da Infância e Adolescência (IAM), que foi fundada em 1843 por dom Carlos de Forbin-Janson, em Paris na França. Ao se tornarem jovens, esses desejam continuar a viver em grupos e com uma espiritualidade missionária, passam a integrar a Juventude Missionária. Além disso, muitos grupos de JM surgem da disposição dos jovens em atender o apelo do Papa Francisco para viver a missão como fonte de espiritualidade, libertação e transformação.



Metodologia


A metodologia é composta por quatro áreas integradas. Para cada semana do mês, sugere-se que o grupo siga os seguintes passos:
1ª Semana: Realidade Missionária – Ver
2ª Semana: Espiritualidade Missionária – Iluminar
3ª Semana: Compromisso Missionário – Agir
4ª Semana: Testemunho Missionário – Avaliar e Celebrar
A idade proposta para os integrantes dos grupos de JM é de 15 a 30 anos.
O número de participantes ideal para a vida do grupo é 12 membros, podendo chegar até 20.
A JM deve promover ações missionárias em seu ambiente e colaborar através da Corrente Solidária com a missão além-fronteiras.
A Juventude Missionária do Brasil conta com um secretário Nacional e três grupos de trabalhos (GTs): Articulação e Acompanhamento, Formação Integral e Espiritualidade e Missão.

Perfil do Jovem Missionário
É capaz de transformar sua realidade pessoal e social à luz do Evangelho e da Doutrina Social da Igreja.
Ama sua cultura, respeita e valoriza as demais realidades culturais.
Compreende que o Reino de Deus não desce do alto, mas brota das realidades, principalmente do meio dos pobres, dos marginalizados e dos pequenos.
Desenvolve sua vida espiritual em comunhão com o trabalho concreto, a partir do serviço e da solidariedade, tendo a Eucaristia como fonte e ponto de chegada à missão.
É presença entre os crucificados na história como testemunho da Igreja samaritana, que trabalha pela justiça e com os pobres.
Com alegria, simplicidade e responsabilidade, é testemunho de vida.
Tem como mandato de vida a oração, o sacrifício e a solidariedade.
A exemplo de Maria, vive e anuncia a Boa-Nova da salvação

Missão sem fronteiras
É uma iniciativa da Juventude Missionária que visa fortalecer o vínculo e a interação entre os jovens de todo o Brasil. Para essa experiência escolhe-se uma realidade do país onde os jovens possam realizar visitas, formações e oficinas missionárias. Essa missão acontece sempre no mês de janeiro de cada ano.

Juventude Missionária na Diocese de Rio Branco
No estado do Acre, contamos com 11 grupos existentes. Em nossa Diocese, a Juventude Missionária está presente na Cidade do Povo, com dois grupos. Tem como responsável estadual o jovem Gabriel Soares, que tem a missão de formar novos grupos e animar os grupos existentes nas Dioceses de Rio Branco e Cruzeiro do Sul.

Que tal implantar a Juventude Missionária em sua Paroquia ou Comunidade?
Entre em contato conosco e teremos a alegria em apresentar a obra em sua paroquia ou comunidade.

 

Contato

Gabriel Soares - 99952-1252 (Coordenador Estadual)